Dicas da África do Sul: explorando Cape Town sem carro

A mobilidade é um dos pontos fortes da Cidade do Cabo. Acima de tudo, a expansão do serviço do MyCiti facilitou muito a vida dos turistas. Por isso, aqui vão algumas sugestões do que fazer em Cape Town sem carro.

Veja algumas dicas para conhecer Cape Town sem carro, caso não queira ou não possa alugar um veículo

(Post atualizado em 21/07/2019)

Se você ainda não conhece muito sobre a Cidade do Cabo, talvez se surpreenda com a qualidade do transporte público do lugar. Dá pra dizer que é muito fácil ser turista na Mother City.

Pensando em quem não tem como ou não quer alugar um veículo durante a viagem, resolvi listar alguns passeios que você pode fazer sem precisar pegar no volante.

Praias de False Bay (trem)

O lado direito da Península do Cabo é banhado pela False Bay. É uma área que vai da praia de Muizenberg ao Cape Point, e conta com várias estações de trem. Sendo assim, boa parte do trajeto é feita na beira do mar, um bônus dessa Cape Town sem carro. Embarcando na estação central, é só pegar o ramal Simon’s Town. Procure voltar, no máximo, no meio da tarde.

Algumas atrações da região:

Muizenberg – A praia das casinhas coloridas é boa para banhistas, surfistas e fotos de Instagram. Havendo disposição, bata perna pela Muizenberg-St. James Walk, um caminho de 3km, na beira do mar, até a praia seguinte.

Kalk Bay – Parei por ali em dezembro de 2015 para comer no Cape to Cuba. Esse bar e restaurante fica pertinho da estação. Sua peculiaridade é ter a linha do trem bem ao lado da varanda.

Simon’s Town – Sua principal atração é Boulders, a praia dos pinguins. No entanto, o vilarejo que abriga a sede da Marinha sul-africana pode ser uma boa até para passar o fim de semana.

Há vários prédios antigos e bonitos, além de atividades como mergulho e aluguel de caiaques. Já na marina, há alguns lugares para comer. Também é de lá que partem passeios de barco para observação de baleias + golfinhos; ilha das focas; Cape Point.

Como chegar de trem

Na bilheteria, peça um return ticket, Metroplus, NOME DA ESTAÇÃO DE DESTINO. Em dezembro/2015, o bilhete para Simon’s Town custava 33 rand na estação central de Cape Town.

A praia dos pinguins fica a uns 3 km da estação Simon’s Town. Se não quiser andar isso tudo, pegue um táxi ou van na rua principal.

Para conhecer vários lugares: Há uma passagem que permite embarcar e desembarcar livremente nas estações da False Bay, como Muizenberg, Kalk Bay, Fish Hoek e Simon’s Town. Peça pelo bilhete hop-on hop-off, Simon’s Town.

Veja também:

Post sobre Muizenberg, a praia das casas coloridas

Boulders, a praia dos pinguins

Cabo da Boa Esperança e Cape Point (bicicleta)

Sem dúvidas, uma das possibilidades mais interessantes dessa Cape Town sem carro é chegar ao Cabo da Boa Esperança de bicicleta. Agências como a Awol Tours e Baz Bus oferecem alguns passeios do tipo. A primeira oferece uma experiência mais personalizada, e um carro acompanha o cliente no trajeto, caso ele não queira pedalar o tempo todo. Já segundo oferece a atividade dentro do seu Cape Peninsula Tour.

Veja também:

Roteiro do Cabo da Boa Esperança

Caso você queira uma experiência ainda mais original, há o passeio oferecido pela Cape Sidecar Adventures. Em setembro/2017, durante o Roadshow realizado pelo Turismo Oficial da África do Sul, conversei com a Tim Clarke, dono da empresa. E ele contou um pouco sobre essa forma aventureira de se explorar Cape Town.

Veja também:

Post do Mala de Viagem sobre o passeio de sidecar

Praias de Cape Town (ônibus MyCiti)

Com certeza, a expansão rápida das linhas do MyCiti tornou muito fácil o acesso do viajante a praias não tão próximas do Centro. Camps Bay e Clifton, queridinhas dos brasileiros, contam com várias paradas.

Desta forma, é tranquilo chegar a lugares que ficam no caminho para Hout Bay, como Oudekraal e Llandudno. Os pontos de ônibus ficam na Victoria Road, aí é preciso descer até a areia.

Por sua vez, Bloubergstrand e Big Bay também fazem parte da malha do MyCiti. Aquele trecho da cidade, no outro lado da Table Bay, tem a minha vista preferida da Table Mountain.

Bebendo vinho em Stellenbosch (Red Bus)

É possível combinar as Winelands com um roteiro por Cape Town sem carro. Quem deseja conhecer vinícolas das famosinhas Stellenbosch, Paarl e Franschhoek pode contratar um motorista ou um guia. Até dá pra pegar um Uber, mas acho a logística meio complicada.

Uma opção bem cômoda é aproveitar o tour do City Sightseeing – empresa que opera os ônibus vermelhos. Disponível desde 2017, o passeio por Franschhoek & Stellenbosch parte da Cidade do Cabo e dura o dia inteiro. Seu roteiro inclui duas degustações em vinícolas, além de uma surpreendente parada na praia de Bloubergstrand.

Bebendo vinho sem dirigir (Wine Tram)

Quem quiser conhecer vinícolas de Franschhoek ainda tem a opção do Wine Tram, um serviço de hop on/hop off que mistura ônibus e trens. Recomendo ler mais sobre a experiência no post do blog De Boa na Trip.

Desde setembro de 2018, a empresa do Red Bus oferece uma integração com esse serviço. Um ônibus “frescão” parte da base do Waterfront de Cape Town rumo a Franschhoek pela manhã, voltando à Mother City no fim da tarde. Fiz esse passeio em novembro de 2018 e escrevi sobre ele neste post.

Vinícolas de Cape Town (Red Bus)

A rota Mini Peninsula Tour do ônibus vermelho oferece um roteiro pelo vale de Constantia. Na parada 21, você tem a opção de se transferir para um outro ônibus. Ele passa a cada 20 minutos e para em três vinícolas do vale: Groot Constantia (a mais antiga do país), Eagles’ Nest e Beau Constantia.

Veja também:

Degustando vinhos na Groot Constantia

Table Mountain (táxi, Uber, ônibus MyCiti)

Para chegar à base do ícone da Cidade do Cabo, é altamente recomendável não ir de carro. Pode ser bem difícil estacionar por lá.

Vá de Uber ou peça (por telefone ou app) os táxis de empresas como Excite ou Intercab. A rota Red City Tour do ônibus vermelho do City Sightseeing também para por lá.

Veja também:

Visitando a Table Mountain

Táxis: Nunca pegue os da rua. Utilize apenas os de empresas. Chame por telefone ou pelos aplicativos próprios de companhias como Unicab, Intercab (tel: 021 44 777 99) e Excite.

Ônibus MyCiti: salte na parada Lower Tafelberg Road e pegue o shuttle gratuito. Este serviço vai até às 19h.

City Sightseeing (ônibus vermelho): A Table Mountain é a parada 7, e está incluída na rota chamada de Red City Tour. Confira a tabela com horários e as outras “stops”.

Pedalando por Cape Town

O trajeto que mais fiz na última viagem a Cape Town foi entre a piscina de Sea Point e o Waterfront. O percurso é plano e pode ser feito quase todo por um calçadão. Já a área urbana ao redor do complexo comercial conta com faixas para ciclistas.

Para quem tiver mais tempo e disposição, vale a pena dar uma esticadinha até Camps Bay, passando por Bantry Bay e Clifton. Quem sai do Waterfront até lá precisa percorrer cerca de 9 km.

A única empresa que conheço de aluguel de bicicletas é a UpCycles, que tem lojas e bases em locais como Sea Point e o Waterfront.

Veja também:

Alugando bicicletas na Cidade do Cabo

Caminhando pela Cidade do Cabo

Para quem gosta de explorar a pé uma cidade nova, recomendo bater perna pelo Centro da Mother City. Usando a rua Saint Georges Mall como ponto de referência, dá pra ir tranquilamente pra cima e pra baixo. É fácil chegar em Bo-Kaap, Long Street, Greenmarket Square, Castle of Good Hope, Charly’s Bakery, Company’s Garden. Ande sempre atento(a): você pode se deparar, do nada, com um pedaço do Muro de Berlim!

Tours: Já se você não quiser andar tão sem rumo assim, faça um passeio guiado. Ele é operado por empresas como Cape Town Free Walking Tours e a onipresente City Sightseeing.

Correndo pela Mother City

Outro jeito de conhecer Cape Town sem carro é correndo. Alguns lugares bons para treinar são o calçadão de Sea Point, o Green Point Urban Park e o Company’s Garden. Além disso, o V&A Waterfront conta com duas opções de trajeto em seu complexo.

Navegando por Cape Town

Precisei de quatro viagens a Cape Town para me render ao Sunset Champagne Cruise, o passeio de barco no pôr do sol. E não é que foi bom?

Assistir ao pôr do sol ali do mar foi espetacular. Até porque a Mother City me presenteou com um daqueles céus de layout inspirado. Ainda assim, foi a vista da Table Mountain que tirou mesmo o meu fôlego.

Veja mais detalhes no post sobre o passeio de barco no pôr do sol.

Serviço

Trem

Para ir às praias de False Bay, pegue o ramal Simon’s Town. Recomendo a classe de vagões Metroplus, que é menos caidinha. Procure voltar para Cape Town, no máximo, no meio da tarde.

Caso compre um bilhete de ida e volta, peça na bilheteria assim: “return ticket, Metroplus, [ESTAÇÃO DE DESTINO]”. Em dezembro/2015, o bilhete para Simon’s Town custava 33 rand na estação central de Cape Town.

Se a ideia é visitar vários vilarejos da False Bay no mesmo dia, peça o bilhete hop-on hop-off.

Imprevistos: não se assuste caso precise desembarcar antes de Simon’s Town. Em dezembro/2015, por exemplo, um incêndio na vegetação ao lado da linha interditou o caminho para as últimas paradas. Com isso, os passageiros desceram em Fish Hoek e foram transportados gratuitamente em ônibus com ar-condicionado (um “frescão”) até a parada final.

MyCiti

Fundamental para essa Cape Town sem carro, o MyCiti é um sistema de transporte rápido inaugurado em 2011. Vale lembrar que ele não aceita dinheiro. Para viajar, é preciso ter um cartão. Veja mais detalhes no post sobre o ônibus MyCiti.

City Sightseeing (ônibus vermelho)

O modelo do City Sightseeing de Cape Town é igual ao presente em várias cidades do mundo: um ônibus de dois andares com roteiro no estilo hop-on hop-off. As linhas circulam pela cidade e você fica livre para embarcar e desembarcar nas paradas estabelecidas no trajeto.

Já os “frescões” realizam tours que duram o dia inteiro. Há um que passa por vinícolas de Franschhoek e Stellenbosch, e outro que liga Cape Town à base do Wine Tram.

Veja também:

Os passeios do Red Bus

Indo de Cape Town às vinícolas de Franschhoek

UpCycles

Ao chegar em uma das bases, você preenche um cadastro em um tablet, faz o pagamento e já sai com a bicicleta. A devolução pode ser feita em qualquer um dos postos da Up Cycles. É possível alugar uma bike por um período a partir de 1h (75 rand).

Eles contam com três bases espalhadas pela região mais central de Cape Town: Sea Point (próximo à piscina pública), V&A Waterfront (no novo Silo District) e praia de Camps Bay (The Bay Hotel).

Saiba mais no post sobre o aluguel de bikes na Cidade do Cabo.

Veja os preços e outros detalhes no site da UpCycles.

Awol Tours

Cape Point Tour: 2880 rand (por pessoa). Valor válido até 21/10/2019. Veja mais detalhes no site da empresa.

Baz Bus

Pelo que entendi, na chegada ao parque do Cabo da Boa Esperança, você escolhe se segue na van ou vai pedalar. Confirme essa opção ao reservar. Preço: 975 rand (valor em julho/2019). Para mais detalhes sobre o passeio e reservas, visite o site do Baz Bus.

Sunset Champagne Cruise

Eu comprei meu ingresso na loja da Waterfront Charters no V&A Waterfront, localizada ao lado do restaurante Sevruga. Os outros pontos de referência são a roda gigante, entrada lower 4 do shopping e o mastro com bandeiras.

Preço em julho/2019: 410 rand. Menores de 18 anos pagam 205. Crianças até 4 anos: grátis. Comprando online, há um desconto de 10%.

Duração: 90 minutos.

Veja mais informações no post sobre este passeio

Tours guiados

Os free walking tours não são gratuitos. Evite a mancada, e não esqueça de dar uma boa gorjeta aos guias.

Cape Town Free Walking Tours – São os tours dos guarda-chuvas verdes. O ponto de partida é o café Motherland Coffee Company, na rua Saint Georges Mall, quase esquina com Wale St. Veja mais detalhes no site oficial.

Free City Sightseeing Cape Town Walking Tours – Os roteiros começam na base do City Sightseeing na Long Street. Veja mais detalhes no site da empresa.

Restaurante Cape to Cuba

Como chegar: Trem (a estação Kalk Bay fica a 170m) e carro (há um estacionamento ao lado).

Endereço: 165 Main Rd, Kalk Bay, Cape Town / Site

Planejando sua viagem

Ao planejar sua viagem com os parceiros do Bastante Sotaque, você ajuda a manter o blog. As vendas garantem uma comissão ao blogueiro e, com isso, é possível cobrir os gastos com hospedagem do site e domínio.

Seguro viagem

Leitores do Bastante Sotaque têm desconto de 5% ao adquirir este serviço com a nossa parceira Seguros Promo. Basta usar o cupom bastantesotaque5 na compra do seguro viagem.

Aluguel de carros

Rentcars.com é o maior site de comparação de preços, descontos e serviços de locações de veículos da América Latina. Presente em mais de 140 países (incluindo Brasil e África do Sul), cobre os principais destinos e aeroportos do planeta através de parcerias com mais de 100 locadoras. Para reservar, basta clicar aqui.

Passagens aéreas

Você pode consultar os preços e comprar passagens para África do Sul ou qualquer lugar do Brasil e do mundo através do site Passagens Promo. Com isso, o Bastante Sotaque ganha uma comissão e você ajuda o blog a se manter.

Guia da África do Sul

As livrarias brasileiras não oferecem muitas opções de guias daquele país. Por isso, sugiro o Guia da África do Sul do blog Se Lança, que é uma das minhas referências de conteúdo em português sobre aquele destino.Dicas da África do Sul

Quer mostrar o post pra alguém? Compartilhe!

17 comentários

  1. Adorei o post. Estou começando a planejar viajar para lá em março com a minha irmã e nós não dirigimos. Aliás, você tem um post sobre hospedagem na cidade do cabo? Estou tentando descobrir onde é melhor se hospedar sem carro.

  2. Pedro, rola incluir outras cidades e passeios o roteiro sem carro? Você aconselha fechar alguma agência pra cuidar de transfers e safaris? Me recomendaram a Traver For Life, conhece?

    • Não conheço. Fechei o Kruger com a safari.com. Já entre as que conheço, mas nunca contratei, estão Hotspots2c, Escapades e Planeta Africa.

  3. Olá estou indo para cape town em novembro porém vou sozinho seria saber se vale a pena comprar o city pass cape town segundo o anúncio diz que dá acesso a 70 atrações e o Premium tem umas atrações diferentes, vale a pena comprar ?

  4. Olá,
    Você sabe se tem como chegar de trem em Stellenbosch? Pretendia usar Uber para me locomover entre as vinicolas, porém não queria alugar carro só para ir até lá.

    • Recentemente, fiz a mesma pergunta pra uma amiga brasileira que morou em Stellenbosch e ela disse que ir de trem pra lá não era uma boa.

  5. Boa Noite, irei para cidade do cabo em janeiro 2021, planejo fazer um mergulho na praia de Muizemberg, no entanto estarei viajando sozinha… Pensei em ir de trem pelo elevado valor do uber de ida e volta para um (Ficarei em Newlands), no entanto como mulher sozinha fico um pouco receosa, acha os trens seguros nessa minha situação? Obrigada.

Deixar uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.