Vinícolas da África do Sul: Degustando vinhos em Cape Town e arredores

A África do Sul é um dos principais destinos enogastronômicos do mundo. Por isso, suas vinícolas são uma pedida interessante – e óbvia – para quem gosta de vinhos. Além disso, representam uma boa opção para os que pretendem conhecer mais sobre a bebida.

Existem mais de 300 vinícolas na região da Cidade do Cabo e arredores

(post atualizado em 4/7/2019)

Eu ainda não sei o que é um vinho potente. Nem quando ele tem personalidade. Ou o que acontece quando a bebida respira. Mesmo sem dominar as prosopopeias desse ramo, curti demais as degustações nas vinícolas da África do Sul. Se você é leigo, consegue aprender algumas coisas por lá. Pelo menos, de quais uvas você gosta mais.

Por sinal, não faltam locais para esse aprendizado na África do Sul. Só na região de Cape Town e arredores são mais de 300. Indo mais longe, há inúmeras opções espalhadas por lugares como Robertson, Worcester e Montagu. Estes últimos ficam na Route 62, vendida como a maior rota de vinhos do mundo.

Como o blog se baseia nas minhas experiências, vou falar sobre as vinícolas que visitei durante as viagens à África do Sul. No final do post, confira as informações sobre endereços, como chegar, preços e horários de funcionamento.

Confira alguns posts no blog que podem ser úteis para você que vai pretende visitar vinícolas na África do Sul:

Como ir de Cape Town às vinícolas de Franschhoek

Tuning the Vine: o ‘pub crawl’ de vinhos

Groot Constantia, Cidade do Cabo

Localizada no bairro de Constantia, a mais antiga entre as vinícolas da cidade é uma das melhores opções para roteiros mais apertados ou quem não tem como sair de Cape Town. Além do salão para degustação, ela conta com restaurantes, museu e um tour pela adega.

Um de seus principais pontos fortes é a facilidade de acesso. Por estar no roteiro do ônibus vermelho do City Sightseeing, a questão do beber vs. dirigir é facilmente contornada. De quebra, ainda é possível visitar outras duas vinícolas da região no mesmo passeio.

Para saber mais:

Post sobre a vinícola Groot Constantia

Allée Bleue, Franschhoek

Essa foi a primeira parada do meu tour com o Wine Tram em 2018. Não tive a chance de comprovar se as suas árvores são mágicas mesmo, mas garanto que os preços baixíssimos da degustação são bem reais.

Optei por degustar dois brancos (Sauvignon Blanc e Chenin Blanc) e dois tintos (Starlette Pinotage e Cabernet/Merlot), o que saiu por 25 rand – ou menos de R$ 7.

Boschendal, Franschhoek

É uma das mais antigas do país e uma das mais famosas da região. Fiz a degustação no seu amplo jardim, e também gostei do atendimento. Tanto que me senti à vontade para encher a simpática atendente de perguntas.

Naquela conversa com jeito de entrevista, descobri, por exemplo, o porquê da presença tantos Sauvignon Blanc nas lojas de bebidas locais. Segundo ela, o motivo é o menor custo que esse vinho exige para ser produzido, e o uso de barris de aço inoxidável colabora para na redução dos gastos.

Errei ao ficar apenas meia hora na Boschendal. Deveria ter permanecido por pelo menos 1h ali.

Plaisir de Merle, Franschhoek

Parei ali por acidente. Fiquei apenas porque era obrigatório descer do Wine Tram e ficar nessa vinícola por 1h10min. Confuso. Decidi fazer uma degustação por motivos de “já que estou aqui mesmo”.

Na Plaisir de Merle, você escolhe os vinhos que vai degustar, ouve as explicações sobre cada um deles e, só no final, é que dá suas bicadas.

Ainda contrariado com aquela parada obrigatória, fiz uma seleção preguiçosa: os quatro primeiros da lista (Cabernet Sauvignon 2012, Merlot 2012, Malbec 2011 e Merlot 2010), para uma degustação que saiu por 55 rand.

Vrede en Lust, Franschhoek

Quando saí da Boschendal, o objetivo era chegar na Vrede en Lust. No entanto, fui “prejudicado” pela degustação na Plaisir de Merle e, quando desembarquei na vinícola que tanto queria, já estava alto demais. Era o momento de parar com os vinhos. Por isso, a passagem por lá serviu apenas para almoçar, degustar uma Coca-Cola normal e tirar fotos daquela belíssima propriedade. Pena.

Babylonstoren, Franschhoek

Mais uma vinícola na qual gostaria de ter provado vinhos. Foi a última do dia do Wine Tram e eu só tinha meia hora para visitá-la, pois já era quase o momento de pegar o ônibus do City Sightseeing rumo a Cape Town.

Foi curtinho, mas deu tempo para me encantar com aquela paisagem “Berdinazzi-Mezenga”. Caso você vá até lá, esteja ciente de que meia hora é pouco.

Fairview, Paarl

A Fairview é uma das principais vinícolas da Paarl. Para mim, sua grande qualidade é o custo-benefício. A generosa degustação é muito barata, assim como as garrafas vendidas ali.

Gostei tanto da visita em 2014 que retornei no ano seguinte. O principal motivo para voltar foi o Riesling, um vinho branco, off-dry. Produzido naquela fazenda, virou meu favorito quando o provei. Saiba mais sobre ele neste link da loja da vinícola.

Antes de ir embora, comprei duas garrafas. O preço total foi pra lá de fair: 90 rand (cerca de R$25). Mais barato que qualquer vinho sul-africano vendido nos supermercados do Rio de Janeiro.

Para saber mais:

Post sobre a vinícola Fairview

[Blog Se Lança] As vinícolas de Paarl

Delaire Graff, Stellenbosch

Certamente, a mais impressionante entre as vinícolas que visitei. Tudo é lindo na Delaire Graff. Do arborizado caminho ladeira acima à arquitetura do prédio principal. Sem falar na vista para a montanha Botmaskop e o atendimento espetacular.

Apesar de ser um pouco mais cara que as outras degustações, acabou valendo a pena. Não tenho certeza, mas acho que foram uns três vinhos. Também pedi uma porção de “belisquetes” que incluía biscoitos e dried wors, uma espécie de linguiça ressecada e bem temperada. Ainda recebemos mimos: pequenos embrulhos com chocolates porque era manhã de Natal.

Para saber mais:

Post sobre a Delaire Graff

[Blog Se Lança] As 10 melhores vinícolas de Stellenbosch

Anura, Klapmuts/Stellenbosch

Mais uma que entra no grupo das vinícolas ótimas e baratas. Parei nela quando estava viajando para Franschhoek. Se não me engano, degustei uns seis vinhos. Não anotei o preço, mas acho que ficou na casa dos 60 rand. Isso equivale a uns R$ 17, valor suficiente para quase comprar um salgado num aeroporto brasileiro. Numa comparação com a luxuosa Delaire Graff, é possível beber e comer mais pagando menos na Anura.

Além dos vinhos produzidos ali, os queijos servidos também são de uma marca própria, a Forest Hill. Aliás, tudo que eles fazem lá está disponível para venda. A gama de produtos inclui também embutidos, molhos, vinagres e geleias.

Um de seus trunfos é fazer parte do tour do City Sightseeing pelas Winelands. Ele dura o dia inteiro e para em outras vinícolas da região, retornando à Cidade do Cabo no fim da tarde.  Recentemente, a Anura também entrou no roteiro do Wine Tram.

Para saber mais:

Post sobre a vinícola Anura

Dieu Donné, Franschhoek

Parei na belíssima Dieu Donné só pelas fotos. Cheguei no lugar logo depois de passar pela Anura. Mesmo sem degustar, me pareceu uma boa pedida e, havendo uma chance, pretendo voltar.

Dentro da vinícola ainda há o lindo restaurante Roca, que, entre outras coisas, serve para sediar casamentos. Para quem tem objetivos mais imediatos, tipo matar a fome, a maioria dos pratos principais custa entre 150 e 200 rand.

Outra qualidade da Dieu Donné é fazer parte do roteiro do Wine Tram, um serviço de hop on/hop off pelas vinícolas da região. O legal é que essa operadora oferece um shuttle a partir de Cape Town.

Para saber mais:

[Blog Se Lança] Roteiro por Stellenbosch e Franschhoek

Serviço

Transporte

Tão importante quanto a escolha da vinícola é saber como chegar até ela. Se você vai beber, o óbvio é não dirigir. Lógico. Por isso, o mais indicado é acertar um tour com uma agência ou guia, ou contratar um motorista local. Também é possível aproveitar opções que facilitam muito a vida, como o Wine Tram de Franschhoek e os tours do City Sightseeing (a empresa do “red bus”).

Em 2018, foi lançada a integração do ônibus vermelho com o Wine Tram. Com ela, você sai de Cape Town pela manhã e volta no fim da tarde. Veja mais detalhes aqui.

Groot Constantia

Horário da degustação: Diariamente, entre 9h e 18h. Fechado na Sexta-feira Santa e no Natal.

Preços em janeiro/2019: 

Degustação: 90 rand por pessoa (cinco vinhos e você fica com a taça).

Degustação e harmonização de 5 vinhos + 5 chocolates (você fica com a taça): 140 rand por pessoa.

Degustação + tour pela adega (5 vinhos e você fica com a taça) + acesso ao museu: 105 rand por pessoa (de hora em hora, entre 10h-16h).

Degustação + harmonização com chocolate + tour pela adega (5 vinhos e você fica com a taça) + acesso ao museu: 155 rand por pessoa (de hora em hora, entre 10h-16h).

Endereço: 2 Groot Constantia Road – Constantia, Cape Town.

Como chegar: Carro; Uber; quanto aos táxis, chame apenas por telefone ou pelos aplicativos próprios de companhias como Unicab, Intercab (tel: 021 44 777 99) e Excite.

A opção que recomendo é o ônibus do City Sightseeing. Há uma perna do roteiro dedicada às vinícolas, parando em Groot Constantia, Eagle’s Nest e Beau Constantia. Saiba mais no site oficial.

Allée Bleue

Degustação: 9h-17h.

Bistrô: 8h-16h.

Preços em janeiro/2019:

Quatro vinhos: 45 rand (pelo que entendi, são 25 rand para quem chega com o red bus).

Harmonização com três queijos e três vinhos: 100 rand.

Tábua de carnes e queijos: 165 rand.

Endereço: Intersection R 45 and R310, Groot Drakenstein 7680 (site)

Como chegar:

– Carro

– Guia ou motorista local

– Integração City Sightseeing e Wine Tram: Um “frescão” parte de Cape Town pela manhã e volta para a Mother City no fim da tarde. Veja os detalhes no post sobre minha experiência com esse tour.

Boschendal

Degustação: 10h-18h

Preço em janeiro/2019: a partir de 55 rand. Confira todas as modalidades de degustação no site oficial.

Restaurante Rhone Homestead: 365 rand por pessoa (bebidas não inclusas); crianças 3-10 anos pagam 195 rand; sábados e domingos, 12h-14h. É necessário reservar.

The Werf Restaurant:

Almoço: 12h-15h (qua-sab), 12h-16h (dom)

Jantar: 18h-21h (qua-sab)

Bar: 12h-21h (seg-sab)

Endereço: Pniel Road Groot Drakenstein, Franschhoek, 7680

Como chegar: Carro; guia ou motorista local; Integração City Sightseeing e Wine Tram

Plaisir de Merle

Degustação: 10h-18h (entre maio e agosto, termina às 17h). Fechado no Natal, 1º de janeiro e Sexta-feira Santa.

Preço em janeiro/2019:

Seis vinhos: 65 rand

Wine Tram: 55 rand

Exclusive tasting: 155 rand

Harmonização com fudge artesanal: 95 rand

Degustação + tour na adega: 125 rand.

Endereço: Plaisir de Merle R45 Simondium 7670

Como chegar: Carro; guia ou motorista local; Integração City Sightseeing e Wine Tram

Vrede en Lust

Degustação: 10h-17h. Fechado no Natal, 1º de janeiro e Sexta-feira Santa.

Preço em janeiro/2019:

Degustação premium (6 vinhos): 50 rand

Degustação black label (4 vinhos; Barrique, Kogelberg Chenin Blanc, Pinot Noir e Boet Erasmus): 75 rand

Harmonização com 6 chocolates Lindt: 100 rand (precisa reservar)

Restaurante: 7h30-17h (seg-sab), 8h-16h (domingos e feriados)

Endereço: Intersection R45 and Simondium-Klapmuts Roads, Franschhoek Wine Route, Simondium, 7670

Como chegar: Carro; guia ou motorista local; Integração City Sightseeing e Wine Tram

Babylonstoren

Degustação: 10h-17h (inverno), 10h-18h (verão)

Preço em janeiro/2019:

– A partir de 60 rand (seis vinhos)

– Degustação de seis vinhos + Tour na adega: 75 rand (de hora em hora, 11h-15h)

Restaurante Greenhouse: 10-16h (aberto todos os dias)

Restaurante Babel (é necessário reservar):

Café da manhã: 8h-9h30 (diariamente)

Almoço: 12h-15h30 (qua-dom)

Jantar: A partir de 19h (diariamente)

Endereço: Babylonstoren, Klapmuts Simondium Road, Simondium, 7670

Como chegar: Carro; guia ou motorista local; Integração City Sightseeing e Wine Tram

Fairview

Preços das degustações (janeiro/2019) – Queijos: 20 rand; 6 vinhos + queijo: 40 rand; especial (8 vinhos, queijo e azeite): 80 rand.

Funcionamento do tasting room e do restaurante Goatshed: Todos os dias, 9-17h (nos dias 24/12  e 31/12: 9h-15h30). Fechado no Natal e Ano Novo.

As entradas para a degustação normal são vendidas até as 16h30; as da degustação especial (Beryl Back), até 16h.

Endereço: Suid-Agter Paarl Road, Suider-Paarl 7646 (site)

Como chegar: Uber; contratar um motorista, guia ou tour de agência; carro

Delaire Graff

Wine Lounge: Aberto diariamente entre 10h e 17h30.

Delaire Graff Restaurant: Aberto para almoço diariamente de 12h às 14h15; para jantar, entre quarta e sábado, de 18h30 às 21h.

Indochine: Aberto diariamente para almoço (12h às 14h15) e jantar (18h30 às 21h).

Como chegar: A Delaire Graff se localiza na Helshoogte Rd, a uns 10 minutos do Centro de Stellenbosch e a 1h da Cidade do Cabo. Ela fica em frente à vinícola Tokara. O site oficial da vinícola disponibiliza um mapa em PDF com instruções em inglês.

Anura

Horário da degustação: 9h-17h

Funcionamento da cervejaria e restaurante Wagon Trail: 9h-17h (café da manhã e almoço; ter-dom); 18h30-21h (pizza e música ao vivo, apenas na quarta)

Endereço: Off Simondium Road, Klapmuts, Stellenbosch, 7625; veja a localização no Google Maps.

Como chegar:

– Carro

– Guia ou motorista local.

– Cape Explorer (Franschhoek & Stellenbosch with Wine Tastings): É o passeio do ônibus vermelho do City Sightseeing. O roteiro inclui vinícolas e, na volta, uma parada na praia de Blouberg, em Cape Town. A atividade dura o dia inteiro, com término previsto para as 17h30.

Preço em janeiro/2019: 600 rand (580 rand no site do City Sightseeing)

Onde comprar: no site da empresa; no próprio ônibus (apenas pagamento com cartão); bases da City Sightseeing, nas paradas 1 (Two Oceans Aquarium) e 5 (Long Street).

Onde pegar o ônibus: os pontos de encontro são as paradas 1 (Two Oceans Aquarium) e 5 (Long Street).

Dieu Donné

Funcionamento: 9-17h (segunda a sexta); 10h30-17h (sábado e domingo). Fechado em 25/12 e 1/1.

Roca: Restaurante de cozinha mediterrânea. Aberto para almoço e jantar de segunda a sábado; no domingo, apenas para almoço; reservas através do site oficial.

Endereço: Uitkyk Street, Franschhoek.

Como chegar: Carro, motorista ou guia local, Wine Tram. Coordenadas e mapa no site oficial (em inglês).

Wine Tram: A Dieu Donné faz parte das rotas vermelha, amarela, azul e verde. Saiba mais sobre esse passeio no texto que fiz sobre a minha experiência no Wine Tram e também no post do blog De Boa na Trip.

Planejando sua viagem

Ao planejar sua viagem com os parceiros do Bastante Sotaque, você ajuda a manter o blog. As vendas garantem uma comissão ao blogueiro e, com isso, é possível cobrir os gastos com hospedagem do site e domínio.

Guia da África do Sul

As livrarias brasileiras não oferecem muitas opções de guias daquele país. Por isso, sugiro o Guia da África do Sul do blog Se Lança, que é uma das minhas referências de conteúdo em português sobre aquele destino.Dicas da África do Sul

Seguro viagem

Leitores do Bastante Sotaque têm desconto de 5% ao adquirir este serviço com a nossa parceira Seguros Promo. Basta usar o cupom bastantesotaque5 na compra do seguro viagem.

Aluguel de carros

Rentcars.com é o maior site de comparação de preços, descontos e serviços de locações de veículos da América Latina. Presente em mais de 140 países (incluindo Brasil e África do Sul), cobre os principais destinos e aeroportos do planeta através de parcerias com mais de 100 locadoras. Para reservar, basta clicar aqui.

Passagens aéreas

Você pode consultar os preços e comprar passagens para África do Sul ou qualquer lugar do Brasil e do mundo através do site Passagens Promo.

Quer mostrar o post pra alguém? Compartilhe!

Um comentário

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.