Onde comer em Durban: O buffet de curry do Oyster Box

The Oyster Box foi uma das paradas da press trip que de maio de 2017. O hotel da praia de Umhlanga é famoso pelo buffet de comida indiana e o high tea.

O luxuoso Oyster Box fica a 15 minutos do Centro de Durban

(post atualizado em 7/8/2019)

Quando recebi a programação da viagem, vi que o jantar do segundo dia seria num lugar chamado The Oyster Box. Pensei: “vão nos levar num restaurante chique de frutos do mar”. Só quando encontrei o grupo em Durban descobri que o menu seria comida indiana, no buffet de curry do hotel.

O meu lado filho-único-que-não-come-cebola chegou a entrar em um breve pânico, mas não atrapalhou muito. O bom das viagens é ficar mais receptivo a fugas da rotina.

Já que sobrevivi para contar a história, posso tranquilizar vocês que são, digamos, mais seletivos: vai ficar tudo bem!

Veja também:

O que fazer em Durban: 5 ideias

O buffet de curry

Cheguei no restaurante do Oyster Box e vi uma bancada enorme, linda, cheia de azulejos. Sobre ela, uma infinidade de potinhos e panelões. Cada um contava com sua respectiva plaquinha identificando o conteúdo. Para mim, o que interessava mesmo era o grau de picância.

Por isso, fui na cola do Diogo, que também procurava opções menos apimentadas. Seguindo as dicas do staff do Oyster Box, montei um primeiro pratinho de sucesso: lamb curry, palak chicken, uma espécie de arroz maluco e algo que parecia uma pizza com queijo e alho.

Comecei devagar. Porções pequenas. Talvez, por isso, um garçom tenha tirado o prato da minha mesa enquanto conversava com alguém à minha direita. Era tão pouca comida que ele imaginou que eu já tinha terminado.

No segundo round, segui o conselho de alguém que estava na nossa mesa e arrisquei um pouco de butter chicken. Um frango com aparência de carne moída. Após a primeira garfada, peguei o celular para discar 193.

No fim das contas, acabou sendo uma refeição bem agradável. Achei tudo bem saboroso. Até raspei o prato (o que não foi tirado da mesa!). Dona Wanda ficaria orgulhosa. Porém, quando achei que minha cota de comida picante já estava completa, veio a sobremesa: um sorvete com… pimenta. Não consegui ir até o fim. Esse era ruim. Uma pena.

Um fato curioso sobre esse jantar: quando nosso grupo chegou e se dirigiu à bancada das comidas, arrancou sonoras risadas de uma funcionária do restaurante. Ela achou graça daquelas pessoas entortando a coluna pra tirar fotos de todos os tipos – e sem tocar num prato sequer. Como eu era – com muito orgulho! – um daqueles paparazzi de panelas, sorri com cumplicidade e comentei: “eu sei, eu sei. Mas este é o nosso trabalho”.

High Tea

O luxuoso Oyster Box tem uma decoração que lembra aqueles filmes em preto e branco, tipo “Casablanca”. Seus móveis, espelhos e sofás te transportam numa viagem no tempo. E a Palm Court, espaço no qual servem o high tea, não foge a esse estilo.

No chá da tarde, servido entre 15h e 17h, o buffet oferece tortas, quiches, sanduíches, entre outras opções. Não tive a chance de passar lá nesse horário, mas ouvi elogios sobre o serviço.

Sem consumação

Dias depois do jantar indiano, voltamos ao Oyster Box rapidamente. Foi na hora do almoço, apenas para tirar algumas fotos.  O mascote do hotel, um gato que hiberna no sofá, pareceu não se importar com aquele grupo de jornalistas com câmeras em punho.

Naqueles cinco minutos, fiz algumas das melhores imagens da viagem. Os tons de azul do mar de Umhlanga e da piscina do hotel, junto com o vermelho e branco das cadeiras e guarda-sóis formam um cenário bem interessante.

Como incluir o Oyster Box no roteiro

Se você estiver de carro ou tiver como usar o Uber, é tranquilo chegar ao Oyster Box. O hotel fica em Umhlanga Rocks, a uns 15 minutos do Centro de Durban.

Já para quem está hospedado nos arredores da praia de Umhlanga, é mais fácil ainda. Na mesma manhã da “sessão de fotos” na varanda, eu havia corrido do Gateway – complexo com hotéis e shopping onde estava hospedado – até a orla. Foram 15 minutos, ladeira abaixo, até o píer da baleia, vizinho ao farol. Para subir, apelei para o Uber. Deu apenas 27 rand.

Serviço

The Oyster Box – Endereço: 2 Lighthouse Rd, Umhlanga Rocks; site oficial do hotel.

Buffet: São pelo menos 11 curries (há opções vegetarianas). Funciona todos os dias no almoço (12h-15h) e jantar (18h-22h30). Preço: 450 rand/pessoa. É preciso reservar (restaurants@oysterbox.co.za).

High tea: Oferecido diariamente, entre 14h30 e 17h. O menu muda a cada semana. Preço: 365 rand. É preciso reservar (restaurants@oysterbox.co.za).

O blog viajou em maio/2017 a convite do Turismo Oficial da África do Sul e da South African Airways

Planejando sua viagem

Ao planejar sua viagem para a África do Sul ou qualquer outro destino com os parceiros do Bastante Sotaque, você ajuda a manter o blog. As vendas garantem uma comissão ao blogueiro e, com isso, é possível cobrir os gastos com hospedagem do site e domínio.

Seguro viagem

Leitores do Bastante Sotaque têm desconto de 5% ao adquirir este serviço com a nossa parceira Seguros Promo. Basta usar o cupom bastantesotaque5 na compra do seguro viagem.

Aluguel de carros

Rentcars.com é o maior site de comparação de preços, descontos e serviços de locações de veículos da América Latina. Presente em mais de 140 países (incluindo Brasil e África do Sul), cobre os principais destinos e aeroportos do planeta através de parcerias com mais de 100 locadoras. Para reservar, basta clicar aqui.

Guia da África do Sul

As livrarias brasileiras não oferecem muitas opções de guias daquele país. Por isso, sugiro o Guia da África do Sul do blog Se Lança, que é uma das minhas referências de conteúdo em português sobre aquele destino.Dicas da África do Sul

Passagens aéreas

Você pode consultar os preços e comprar passagens para África do Sul ou qualquer lugar do Brasil e do mundo através do site Passagens Promo. Com isso, o Bastante Sotaque ganha uma comissão e você ajuda o blog a se manter.

Quer mostrar o post pra alguém? Compartilhe!

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.