DHL Stadium: Estádio de Cape Town ganha novo nome

Transportadora adquiriu os naming rights e rebatizou arena de DHL Stadium

Estádio é a nova casa dos times de rugby da Cidade do Cabo

O Cape Town City FC continua mandando suas partidas

Lembra do nome “Cape Town Stadium”? Já era! Agora, a arena localizada no bairro de Green Point, na Cidade do Cabo, se chama DHL Stadium. A transportadora firmou um acordo de naming rights, sacramentando a primeira mudança de nome do estádio desde 2010.

Construído para a Copa do Mundo de 2010, o local foi chamado de Green Point Stadium durante o Mundial. Já nos 11 anos seguintes, ele adotou a alcunha de Cape Town Stadium.

Por que mudou?

A história começa com a oficialização do estádio de Green Point como a nova casa do DHL Stormers e do Western Province, os times de rugby da cidade. Até 2020, ambas mandavam suas partidas no histórico Newlands Stadium, que tem destino incerto.

A transportadora já patrocinava os dois times há mais de dez anos. O próximo passo nessa parceria foi a aquisição dos naming rights do agora DHL Stadium. O novo nome passou valer oficialmente em 1/6, mas o anúncio só foi feito há algumas semanas.

Cape Town/Cidade do Cabo: estádio do bairro de Green Point é rebatizado como DHL Stadium

Quem vai jogar?

As partidas de rugby pela Currie Cup e United Rugby Championship devem ser realizadas no DHL Stadium. Quando Cape Town retornar ao calendário do HSBC Rugby Sevens, o estádio deverá voltar a sedias a etapa sul-africana do torneio.

Já no futebol, o Cape Town City FC seguirá mandando a maioria de suas partidas no bairro de Green Point. É o único time da cidade que resta na primeira divisão do país.

E a volta do público?

Ao menos na data de publicação deste texto, não há uma previsão sobre o retorno de público às partidas de rugby e futebol na África do Sul. Entretanto, há motivo para criar expectativa por notícias positivas em breve. Tudo porque o críquete do país confirmou a volta dos torcedores a seus eventos.

Segundo o “Times Live”, a venda de ingressos para as partidas foi iniciada na última segunda-feira (18/10). De acordo com o portal sul-africano, o protocolo terá capacidade reduzida – máximo de 2 mil pessoas – e obrigatoriedade de apresentar comprovante de vacinação. Além disso, uma partida da seleção de futebol masculino, realizada há alguns dias, serviu como teste para eventos com público. O jogo entre África do Sul e Etiópia, pelas Eliminatórias da Copa do Mundo, contou com a presença de torcedores no FNB Stadium de Joanesburgo e um protocolo igual ao do críquete.

Quer mostrar o post pra alguém? Compartilhe!

Deixar uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.