Hospedagem em Cape Town: Big Blue de Green Point

O Big Blue foi o hostel que escolhi para me hospedar nos dois primeiros dias em Cape Town durante a viagem de 2015. Pela primeira vez, fiquei no bairro de Green Point e gostei da experiência.

O bairro de Green Point reúne alguns dos hostels com melhores avaliações nos sites especializados

(post atualizado em 6/10/2017)

Dezembro é um mês crítico para conseguir hospedagem em Cape Town. Quanto mais próximo do réveillon, os quartos vão ficando mais caros e raros. Sempre fiquei no saudoso Amber Tree Lodge, entre o Gardens e o Centro, mas ele não tinha camas disponíveis nos meus dois primeiros dias na cidade. Na busca por um plano B, ainda no Brasil, fechei com o Big Blue de Green Point.

O bairro de Green Point

A localização pesou na escolha: o bairro de Green Point é ótimo. Fica entre o Centro e Sea Point, colado no Waterfront, tem todo tipo de comércio. De quebra, parecia ser fácil de estacionar na frente do hostel – eu iria chegar de carro na cidade.

A proximidade com o Waterfront foi importante quando cheguei. Estava cansado após dirigir desde Mossel Bay, e fui andando para o shopping, onde jantei.

Dica de hospedagem em Green Point - Cidade do Cabo/Cape Town, África do Sul

Para quem está sem carro, há muitas opções de transporte na região. A rua de baixo, a principal de Green Point, tem pontos do ônibus MyCiti e faz parte do trajeto de vans (mini taxis), tanto no sentido Centro quanto no Sea Point.

Outra característica do bairro é a presença de hostels muito bem avaliados nos sites especializados. Um dos mais procurados é o Atlantic Point, tema de um post bem completo do De Boa na Trip.

O hostel

É uma casa grande e antiga, piso de madeira barulhento, limpa e com um tremendo clima de hostel. Fica numa rua entre as partes alta e baixa de Green Point. Ela é sem saída para carros, mas há uma escadaria no final dela.

Dentro do Big Blue há muitas áreas de convivência. Vários sofás em salas e corredores. Parecia um albergue ideal para conhecer pessoas.

Não lembro muito da cozinha. Sei que passei lá, mas não me recordo se tomei o café da manhã (que é gratuito). Deve ter sido o vinho…

Já o staff foi atencioso. Curiosamente, quando fui fazer o checkin, quem estava na recepção era uma brasileira. Ao me mostrar as instalações, fui apresentado a outros três ou quatro compatriotas que estavam hospedados no Big Blue.

Os quartos

No primeiro dia, reservei um quarto privado, já prevendo uma exaustão pelas cerca de 7h de estrada. Limpo, amplo, confortável. Nada de errado.

Já a noite seguinte passei em um quarto coletivo. Gostei da organização: você marca sua cama escrevendo o nome com giz em um pequeno quadro negro preso a ela.

Por sua vez, a entrada nos dormitórios é feita com a digitação de um código em uma daquelas fechaduras eletrônicas.

Os banheiros ficam fora dos quartos. Para ir no masculino, eu tinha que descer até o térreo.

Segurança

Ao fazer o check-in, você tem que informar o modelo e a placa de seu carro. Eles passam isso para o vigia do hostel, que fica de olho ali na rua também.

Há uma preocupação grande com furtos. Por isso, recomendam que você não deixe nenhum objeto visível dentro do veículo.

Dica de hospedagem em Green Point - Cidade do Cabo/Cape Town, África do Sul

Aprovado?

Sim, ficaria lá novamente. Até porque o Amber Tree Lodge, meu preferido, encerrou suas atividades em 2016. Voltando a Cape Town, precisaria achar um novo teto. A estrutura e localização do Big Blue o colocam entre os lugares aos quais daria prioridade.

Serviço

Big Blue Backpackers

Endereço: 7 Vesperdene Road – Green Point.

Quartos a partir de 170 rand/noite. *preço em outubro/2017

Site

Chegando de MyCiti

Linha 114 – Saltar na parada Upper Portswood, na rua de baixo.

Linha 105 – Parada High Level, na rua de cima.

*ambas partem do Civic Centre

Chegando de Uber

Do aeroporto: 294-383 rand (UberBlack), 171-225 rand (UberX), 186-239 rand (UberXL)

Do Centro (Long Street, altura do Dubliner): 50-59 rand (UberBlack), 24-31 rand (UberX), 39-45 (UberXL)

De Camps Bay (Dizzy’s): 112-144 rand (UberBlack), 61-81 (UberX), 76-95 (UberXL)

Estacionamento

Vagas normais na rua.

Veja também:

Blog De Boa na Trip: Conheça o hostel Atlantic Point

Verão na África do Sul: O Segundo Ano Novo de Cape Town

Explorando Cape Town sem carro

Cape Town: Roteiro de 10 dias para trintões em idade ou espírito

Quer mostrar o post pra alguém? Compartilhe!

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.