O que fazer em Durban: passeio de Segway pela orla

O passeio de Segway foi o que restou para fazer em um dia frio e sem sol em Durban.

Depois de comprar a passagem de ônibus para Coffee Bay no hipermercado Checkers próximo ao hostel, parti para o Moses Mabhida, onde pulei no swing da Big Rush. Como não descobri nada interessante para fazer naquele dia de tempo ruim, acabei optando pelo tour de Segway, cujo ponto de partida era estádio.

Minha primeira opção era alugar uma bicicleta, também ali no MM, mas a loja estava muito cheia e resolvi dar uma chance ao meio de transporte preferido do GOB Bluth. Escolhi o tour mais longo, que passava pela praia e durava duas horas.

Passeio em Durban: Segway
Parada em um dos píeres da orla de Durban

Claro que os caras não deixam você sair por aí sem um treinamento. Parece uma autoescola, e o cliente só sai da área de treino – em frente ao estádio – quando aprende de verdade.

Fiquei meio perdido no início, mas tudo se tornou absurdamente fácil quando entendi o que era preciso fazer para o veículo andar: um “créu” na velocidade 1 e ele vai pra frente; deixe a coluna reta e o Segway fica mais lento.

O passeio

Eu era a única pessoa naquele tour, o que foi bem legal. Fiquei conversando bastante com o guia, aprendendo sobre Durban e debatendo sobre o jogo da seleção sul-africana na véspera.

Quanto ao roteiro, depois de atravessar a avenida na frente do estádio, você chega rapidamente ao calçadão. E fomos até o fim dele, no parque aquático uShaka Marine World. No caminho, ainda paramos em vários píeres. O tempo estava nublado, mas, ainda assim, consegui fazer fotos de Durban enfim.

Concordo que seja um clássico programa de “turistão” e que você fica até parecendo meio idiota com aquele (necessário) capacete. Apesar dos olhares de estranheza dos pedestres, admito que curti pilotar aquela coisa. E é isso que vale no final.

Passeios - Durban - Golden Mile e Promenade
Jardim colado ao calçadão em Durban

Serviço

– A empresa Segway Gliding Tours organiza o tour pela região do estádio. São várias opções de roteiros. O meu saiu por cerca de 400 rand e acho que valeu.
– Para conhecer as outras opções, acesse o site.

Veja também:

Onde comer em Durban: o buffet de curry do Oyster Box

O pêndulo do estádio de Durban: Como foi a segunda vez

Dica de hospedagem em Durban: Tekweni Backpackers

Quer mostrar o post pra alguém? Compartilhe!

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.